Coaching, coaching, coaching...

September 12, 2018

Coaching não é para todo mundo, pois se faz necessário que o coachee queira e que se permita passar por uma nova experimentação de sua própria vida

 

Você nunca vai receber um e-mail marketing meu!

Saiba, primeiramente, que a palavra coaching é tão antiga quanto se tem notícia, surgindo ainda na idade média, quando era utilizada para descrever o condutor de carruagens sendo que, desde a sua origem, era designada àquele que era responsável por conduzir alguém de um ponto ‘A’ até seu destino desejado, o ponto ‘B’.

Passados os anos, o termo migrou para um sentido de maestria e de verbalização professoral no século 19 chegando ao esporte em meados do século passado, quando o conceito de inner game, ou seja, jogo interior, passou a ser avaliado como uma excelente estratégia para que esportistas entendessem que, para vencerem seus oponentes em uma disputa, deveriam primeiro, superar suas próprias limitações e fraquezas, mudando seus comportamentos a partir de decisões mentais que potencializariam seus resultados.

Depois disso, ficou inevitável pensar que para que se atinja o sucesso se faz necessário vencer a si mesmo, suas próprias procrastinações e crenças limitantes, tanto no ambiente esportivo quanto em qualquer outra área da vida, sendo essa atmosfera familiar ou profissional.

Gerenciar empresas de sucesso passa pelo buraco da fechadura de saber agregar valor com as pessoas que ali coexistem, pois são as próprias pessoas que fazem um negócio ou uma corporação atingir seus objetivos e, para que isso aconteça, cada um deve vencer seus próprios e exclusivos desafios de se tornarem suas melhores versões.

Pode-se dizer que num processo moderno de coaching, o condutor dessa carroça chamada ser humano, vai tentando catalisar os comportamentos de seu cliente visando alcançar objetivos específicos dele, bem como desenvolver as habilidades próprias, aprimorando competências para que atinja resultados extraordinários. Porém, tudo isso figurará unicamente na embalagem mais mega-power-top-of-the-mind-of-the-word se esse caboclo não estiver comprometido consigo mesmo e embarcar nessa viagem por vontade própria e absoluta.

E esse é o único diferencial para aqueles que buscam e almejam o sucesso: assumir o sucesso enfrentando por si só suas batalhas internas, sejam elas o emagrecimento que nunca vem, a promoção que nunca aparece ou a aprovação que nunca acontece.

Não existe, portanto, o coach de carreira, de vida, de emagrecimento ou coach de qualquer coisa, sendo que essas ‘especialidades’ são apenas contundências para que o profissional coach entenda o que uma pessoa faz da vida, e além de ter um conforto sobre opiniões e colocações a respeito do outro. E esse conhecimento não é álibi para se interferir no processo.

E quando se resolve dar palpite no caminho do conduzido, pronto! O sujeito não é mais coach e passa a ser mentor, consultor, terapeuta, psicólogo, conselheiro, amigo.

Se a máxima da cultura coaching é a isenção de julgamento e a não interferência sobre os valores e anseios do cliente, conhecer o universo dele dará sim uma base próspera a respeito das ações do profissional, mas não é essencial, pois a vida é dele e a única coisa que o coach pode promover é a reflexão para conjuntamente propor a construção em comum acordo de um caminho para que o cliente seja levado para onde ele, e apenas ele, quer chegar.

O processo de coaching deve inspirar atitudes internas do coachee para que ele, por si só, tome as decisões daquilo que ele julga melhor para si, através de ferramentas inerentes do mecanismo e de perguntas adequadas para gerar reflexões de elevado nível de assertividade.

E é por isso que respeito em gênero, número e grau a expressão que diz que coaching não é para todo mundo, pois se faz necessário que o coachee queira e que se permita passar por uma nova experimentação de sua própria vida, revisitando sua história tentando ressignificar cada página escrita no passado, mas ao mesmo tempo mirando um objetivo claro, mensurável, atingível, temporal e tangível em seu futuro, assumindo isso para o seu presente, e entendendo que é no presente a única chance que se tem de ser pleno e feliz.

Assim, se você verdadeiramente quiser ser próspero e ter uma vida incrível, saiba que você vai ter muito sucesso com seu processo de coaching, mas não espere um e-mail marketing meu.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como ter sucesso no vestibular sem surtar

October 21, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

June 24, 2019

May 15, 2019

May 8, 2019

April 24, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square

©2017 por Newton Camargo Jr.