Você acredita na Fênix?

October 24, 2018

Ave fabulosa presente na mitologia grega, a Fênix era a única da espécie, que, após viver 300 anos, supostamente se deixava arder em chamas para, em seguida, renascer das próprias cinzas.

Símbolo máximo daqueles que caem e, após curar suas feridas, ressurgem com uma força ainda maior, trata-se da metáfora daqueles que dão a volta por cima e vencem no final da corrida, mesmo enfrentando problemas grandiosos durante o caminho. Vencem, pois acreditam que reaprender com os erros e ressignificar o passado são os maiores combustíveis para a alavancagem do sucesso.

E eu tive meu momento Fênix, pois eu também caí e tive que ressurgir das minhas próprias cinzas para poder me encarar novamente antes de olhar para o mundo.

Então saibam que, desde o princípio, ainda não era primavera e eu já queria ver os brotos de meu jardim florescendo no quintal que chamei de ‘coach’. Imaginei realizar um evento lindo, mágico e absolutamente impactante esperando que os pássaros viessem buscar o pólen de minhas flores.

Era outubro de 2017 e eu carregava ainda a outorga de professor que construí por longos 25 anos. Mas querendo e sedento por feitos titânicos, programei um encontro de dois dias esperando a presença de 400 pessoas em março do ano seguinte.

Me dediquei muito ao escrever um projeto lindo, acolhedor e que apresentava as perguntas perfeitas para que, em um tipo de imersão, os participantes encontrassem dentro de si as respostas para adquirirem a tão sonhada prosperidade. Era didático, simples e intenso ao mesmo tempo, podendo levar quem estivesse presente a uma viagem profunda sobre seu verdadeiro eu.

Programei estrutura, convidei amigos, agendei local comida e surpresas.

Utilizei de meus recursos financeiros e de outros também.

Só fazia isso. Só pensava nisso. Só vivia isso. Acabei verticalizando ao invés de horizontalizar...e fiquei sozinho.

Tão sozinho que apenas 7 pessoas se inscreveram, e juntos com 6 convidados deles e mais 1 pedido gratuito, éramos eu e mais quatorze. Na antevéspera do evento tive a desistência de palestrante, questionamento da família e, perdido em meus pensamentos, resolvi cancelar.

Eu não tinha mais forças, nem amigos e nem dinheiro naquele instante.

Foi como se eu tivesse morrido, queimado e ardendo nas minhas próprias chamas. Fiquei com aquela sensação de ter morrido na praia...

Mas acontece que eu sabia da força que o projeto tinha e, num insight, liguei para uma amiga editora: “Tenho uma boa história pra contar!”, eu disse.

E foi aí que as coisas mudaram.

Decidi que traduziria tudo o que iria apresentar em palco para palavras, frases e textos, detalhando didaticamente toda a métrica do projeto em capítulos literários.

Decidi escrever um livro.

Entre abril e maio daquele ano desapareci das redes sociais, mas não deixei que  minhas brasas cessassem. Fui aos poucos reconstruindo minha vibração nas madrugadas que não cessavam quando eu sentava à frente do computador e escrevia.

E escrevi com todo o meu amor e respeito a mim mesmo sabendo que tinha muito a contribuir, se não no palco, no papel e, então, oito meses após o inicio do projeto, eis que entrego os originais para a editora.

O melhor ainda é saber que agora, em menos de uma semana, esta obra será lançada! Eu Decido Sim! Pela editora Conquista começa a sua jornada por Ribeirão Preto, depois Rio de Janeiro e São Paulo, sendo apresentada a pessoas que buscam o autoconhecimento e metas para suas vidas. 

Ter realizado esse projeto livreiro não é resposta a ninguém e nem a tentativa de provar que eu estava certo anteriormente, é apenas a confirmação interna de que eu posso contribuir e agregar valor a quem se permitir que eu catalise.

O projeto da minha imersão ainda vive dentro de mais de uma centena de páginas e, quem sabe, no futuro, eu possa desempenhá-lo diante de todos.

Que sejam, sete, quatorze ou quatrocentos...meu profundo respeito a quem acreditou e minhas sinceras desculpas pelas minhas fraquezas, que me fizeram mais fortes e capaz de voar novamente, porém agora renascido das minhas próprias cinzas.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como ter sucesso no vestibular sem surtar

October 21, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

June 24, 2019

May 15, 2019

May 8, 2019

April 24, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square

©2017 por Newton Camargo Jr.