Mi, mi, mi...

November 14, 2018

Trabalho com alunos de pré-vestibular há 26 anos e sempre que chega a hora da prova, daquele momento para que tanto eles se prepararam, eu ouço as inquietudes e as lamentações de um ano repleto de privações e de muita solidão.

Não que não sejam comportamentos emocionalmente coerentes e dignos de respeito, evidenciados pela imaturidade que o pouco tempo de vida e a falta de experiência lhes cabem, mas que poderiam ser direcionados para uma atitude mais tranquila e equilibrada se orientados a viverem de forma equilibrada seus mais variados papéis, de (além de alunos) filhos, amigos, irmãos, cidadãos etc.

Tem-se a impressão de que quanto mais dedicação aos estudos, abrindo mão de uma série de atividades, como as físicas (academia e esportes) e emocionais (cinema, teatro, parques ao ar livre), maiores as chances de passar no vestibular.

Os alunos têm a certeza incontestável que quanto mais tempo passarem estudando, mais pertos das vagas nas universidades de seus sonhos estarão...

Não. Definitivamente não!

E isso não quer dizer que deva estudar menos! Isso quer dizer que se deve estudar certo e com muita assertividade, otimizando programação de estudo, analise estatística, planejamento de atividades, atitude positiva e muito, muito equilíbrio emocional e comportamental.

Normalmente, o aluno começa o ano abdicando de tudo e de todos com um único exclusivo compromisso de passar no vestibular e, assume que só será feliz verdadeiramente quando esse sonho se realizar.

Isso é assumir a mediocridade da vida e jogar para o futuro a centelha da real felicidade, esquecendo-se que o fracasso também faz parte do processo e, quando negligenciado, pode custar caro demais ao candidato, podendo gerar consequências muito desagradáveis, podendo até levar de uma simples angústia até a depressão.

Você pode pensar que o universo de um aluno concurseiro é diferente daquele de um advogado, engenheiro, diretor de empresa ou empreendedor. Não, não é diferente.

Esses profissionais também têm desejos futuros de lucros, progresso e vitórias. Querem também um estado desejado proveitoso e terem seus nomes nas listas de aprovados das promoções internas em suas empresas ou suas petições aceitas pelo juiz. Querem atingir o ápice e serem vencedores em seus afazeres.

E o que fazem para atingir tal façanha?

As mesmas coisas que qualquer vestibulando! Abrem mão de suas vidas e dedicam-se ao extremo em suas atividades, esquecendo-se do equilíbrio emocional e das relações que permeiam suas vidas. Não vão mais à academia, não caminham mais, não vão a cinema e teatro e as praças parecem um sonho distante demais para sua presença.

Apostam tanto quanto qualquer aluno de pré-vestibular na felicidade que existirá no futuro incerto e que nunca se sabe como virá, esquecendo-se de viver o dia presente e de valorizar adequadamente os vários papéis que lhe são conferidos. Preferem a incerteza do destino ao invés contundência do momento presente.

Ter um sonho é maravilhoso e deve fazer parte da vida, assim como vivenciá-lo com todas as forças, mas deve-se ter a consciência da construção constante e diária desse sonho para gerenciar com lucidez seu dia-a-dia.

Quando se deposita todas as fichas da felicidade apenas no resultado final, sobrará apenas a discórdia e o arrependimento por não ter feito o que realmente deveria ter sido feito: aproveitar o caminho, que é onde as oportunidades estão espalhadas.

Que fique claro que a dedicação deve ser focada nesse objetivo e as energias devem ser direcionadas para que se alcance tais prodígios, mas que nunca se esqueça que as conquistas não são flagelos esparsos, e sim a integralidade de muitas ações em uníssono.

Esse sim é o verdadeiro segredo do sucesso: o conjunto da obra.

O resto é mi, mi, mi.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como ter sucesso no vestibular sem surtar

October 21, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

June 24, 2019

May 15, 2019

May 8, 2019

April 24, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square

©2017 por Newton Camargo Jr.