Quem se importa com você?

November 27, 2018

A sua vida só valerá a pena se fizer sentido para alguém! E é exatamente esse o mecanismo que fará você ter clareza sobre quem efetivamente se importa com você.
Essa prerrogativa de importância está acima dos argumentos ocasionais, onde você acaba por desempenhar ações que os outros não são capazes, como trocar um pneu ou uma lâmpada.
Baseia-se no fato da sua presença não física ser sentida na sua ausência e no fato de sua memória permanecer viva na mente das outras pessoas.
Ser importante é muito mais do que ser notado ou visto, e sim respeitado e querido. É ser muitos em uma só, e ser pleno com suas fraquezas, pois o que importa para qualquer um é o legado que se deixa na construção diária de relacionamentos honestos e gentis, que visam o bem comum e assume a verdade como bandeira de posicionamento comportamental e emocional, estruturando a vivência no diálogo e no respeito ás adversidades.
O que as pessoas querem importar para dentro de seus corações é um referencial valente em seu caráter e a retidão em suas falas, e não a defesa situacionista de suas opiniões baseadas em seu interesse momentâneo e superficial. O que se quer é a profunda experiência com um ser digno e leal, que não se deixa levar por aparências ou pelos valores muitas vezes questionáveis de uma sociedade prioritariamente elitista e injusta.
Quer que se importem com você? Importe-se por elas, sedo abnegado e servil, não cobrando respostas por sua bondade e doação. Simplesmente seja o melhor que puder para o outro, sabendo que aquilo que a sua mão direita realiza a mão esquerda não precisa saber.
O nível de importância que se quer ter vai muito além da quantidade de bens que possui e do seu nível social que vivencia, pois essa atenção está intimamente relacionada com a maneira como você lida com sua riqueza e com sua posição social, ficando a cargo de quem recebe sua amabilidade o crivo do seu valor.
Você terá a atenção das pessoas quando colocar sua vaidade de lado e saber que cada um de nós faz parte de um todo e que, como qualquer sistema, você será uma engrenagem sistêmica do processo, e não ‘a’ engrenagem. Reconhecer a sua importância não é pecado e não o levará para o inferno das relações comportamentais, mas fará um bem danado saber que é possível promover progresso alheio com sua colaboração.
Quando é gerada prosperidade na vida de qualquer pessoa, a sensação de grandeza é incrível e quase que se torna um vício ser promotor da alegria alheia, porém há de se tomar cuidado com o vírus da vaidade humana que habita nossa existência desde criancinha e que, se não for controlada, joga todo o trabalho da benevolência esgoto abaixo.
A percepção que se é importante para alguém é, na verdade, uma necessidade em segundo plano, sendo que se deveria pensar a princípio o quanto as pessoas são importantes para você e o quanto você será capaz de impactar positivamente a vida de cada uma delas, cedendo o seu espaço, a sua energia e todo o seu amor a quem quer que seja. Sem crivo. Sem presunção. E principalmente sem julgamento, pois não se deveria olhar para as limitações alheias que te chocam...são limitações delas! Não cabem a você julgar.
Discutir o caminho e as ações de como ser importante para alguém soa como um contraceptivo comportamental, já que está na essência das atitudes e não na superfície a reverberação do bem que se pode realizar.
Então, saiba que, apenas quando você parar de se importar com isso, você será importante para alguém.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como ter sucesso no vestibular sem surtar

October 21, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

June 24, 2019

May 15, 2019

May 8, 2019

April 24, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square

©2017 por Newton Camargo Jr.